Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Pesquisadora do ON integra Comitê Executivo da União Astronômica Internacional

Publicado: Segunda, 03 de Setembro de 2018, 19h48 | Última atualização em Segunda, 03 de Setembro de 2018, 19h50

A pesquisadora Daniela Lazzaro, da Coordenação de Astronomia e Astrofísica do Observatório Nacional, passou a integrar o Comitê Executivo da União Astronômica Internacional (IAU, do inglês International Astronomical Union) como vice-presidente. A IAU, fundada em 1919, tem como missão promover e salvaguardar a ciência da astronomia em todos seus aspectos através da cooperação internacional. É dirigida por um Comitê Executivo formado pelo presidente, presidente-eleito, secretário geral, assistente do secretário geral e seis vice-presidentes. O novo Comitê Executivo foi aprovado na XXX Assembleia Geral da IAU, em Viena, Áustria, na última quinta-feira, dia 30 de agosto, contando com cerca de 3 mil participantes.

 

Daniela Lazzaro, ao centro da mesa, durante a Assembleia Geral da IAU

A astrônoma Daniela Lazzaro é pesquisadora do ON desde 1983, liderando estudos na área de Ciências Planetárias. É membro da IAU desde 1988, onde integrou diversas comissões, grupos de trabalho e coordenou a organização da XXVII Assembleia Geral, realizada no Rio de Janeiro, em 2009.

A pesquisadora considera “uma grande honra ter sido escolhida para integrar o Comitê Executivo. Acho que é uma clara indicação do respeito e visibilidade internacional da pesquisa realizada no Brasil.  De minha parte, sempre estive participando de comissões e grupos de trabalho em prol da ciência e de seu compromisso com a sociedade em geral. Por exemplo, atualmente era membro do Comitê Organizativo da Divisão F – Ciências Planetárias e Astrobiologia – cujo papel é o de discutir as melhores formas de aprimoramento, de visibilidade e de cooperação internacional para a área como um todo. Ao mesmo tempo, também era membro do Comitê de Mulheres na Astronomia, cujo trabalho é o de conscientizar a comunidade sobre a sub-representação das mulheres na área e discutir medidas para alcançar um melhor equilíbrio. Nossa sociedade é diversa, e essa diversidade deve se refletir em todos os setores”.

Esta é a segunda vez que um astrônomo brasileiro integra o Comitê Executivo da IAU. De 2003 a 2009, a Dra. Beatriz Barbuy, da USP, também ocupou a posição de vice-presidente.  A IAU, fundada em 1919, reúne mais de 13.500 astrônomos profissionais de mais de 100 países em todo o mundo.

“Participar do Comitê Executivo da IAU é, para mim, tarefa de grande responsabilidade, principalmente neste momento, quando o país vive seríssimas restrições orçamentárias tanto no âmbito da ciência quanto da educação e da cultura. Hoje mesmo, estamos todos de luto pela incalculável perda do Museu Nacional, tanto no que diz respeito ao seu acervo quanto às pesquisas que lá vinham sendo desenvolvidas apesar dos baixos investimentos.”

Veja aqui a composição do Comitê Executivo da IAU

Fim do conteúdo da página