Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Ministro Gilberto Kassab visita o Observatório Nacional

Publicado: Terça, 10 de Julho de 2018, 18h42 | Última atualização em Terça, 10 de Julho de 2018, 19h24

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, visitou nesta segunda-feira, dia 9,  o Museu de Astronomia e Ciências Afins e o Observatório Nacional.

A visita teve início no MAST, onde Kassab esteve no Laboratório de Conservação e Restauração de Documentos em Papel e no Laboratório de Conservação de Objetos Metálicos, além de percorrer as exposições "Olhar o Céu e Medir a Terra" e "3D Imprimindo o Futuro".


No Observatório Nacional, o ministro conheceu o Serviço de Geração e Disseminação da Hora, responsável pela difusão da Hora Legal Brasileira, onde foi recebido por Ricardo de Carvalho,  chefe do setor, que mostrou os equipamentos usados neste serviço.

Em seguida, durante o trajeto para o prédio das áreas de pesquisa, percorreu a região das cúpulas astronômicas, importantes objetos históricos da área de Astronomia, e na luneta de 46cm, o maior telescópio refrator do país, foi recebido pela pesquisadora Josina Nascimento, que explicou a importância do instrumento.

O pesquisador Sergio Fontes, coordenador da Rede Sismográfica Brasileira – RSBR, explicou como é feito o monitoramento das atividades sísmicas em todo o território nacional por meio de um conjunto com cerca de 80 estações sismográficas que transmitem dados em tempo real para o ON, possibilitando a localização de epicentros e a determinação das magnitudes dos sismos.

O ministro Gilberto Kassab seguiu para o Laboratório de Gravimetria, onde pode ver um gravímetro absoluto, usado nas medições gravimétricas realizadas nos trabalhos de campo; e para o Laboratório de Desenvolvimento de Sensores Magnéticos, responsável pela calibração de rosas dos ventos, instrumentos cuja utilização é comum em aeroportos e em sistemas de navegação. O LDSM desenvolve também sensores magnéticos, de alta resolução, para uso em atividades científicas, tanto civis como militares.

Na sequência, o ministro esteve no Pool de Equipamentos Geofísicos – PEGBr, um laboratório multiusuário que oferece suporte instrumental à comunidade científica brasileira, com o objetivo de contribuir para o conhecimento geológico do território nacional.

O final do percurso foi no Laboratório de Petrofísica do ON. O pesquisador Giovanni Stael mostrou os equipamentos utilizados no estudo das propriedades físicas das rochas para verificar a distribuição de fluidos em seus espaços porosos, serviços utilizados por empresas da área de petróleo e universidades.

O ministro, que não conhecia o Observatório Nacional, demonstrou grande interesse em tudo que viu e conheceu. O diretor do ON, João dos Anjos, classifica a visita como um grande sucesso, por ter tido a oportunidade de mostrar as atividades desenvolvidas na instituição bem como são utilizados os recursos alocados pelo ministério.

 

Fim do conteúdo da página