Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Carta de Serviços

Publicado: Quarta, 23 de Outubro de 2013, 21h35 | Última atualização em Sexta, 16 de Março de 2018, 19h23

Carta de Serviços do Observatório Nacional

1) Preparação e caracterização Petrofísica de rochas reservatório 

O que é?

  • Confecção preparatória de amostras de rochas e posterior análises petrofísicas de rotina e especial por Ressonância Magnética Nuclear (RMN).

Quem pode utilizar este serviço?

  • Cidadãos, empresas privadas (nacionais e multinacionais) e governamentais, universidades, centros de pesquisa, etc.

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • Atendimento presencial, site do ON, peticionamento eletrônico.

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • Encaminhamento de projeto, em caso de aprovação da proposta providenciar assinatura de acordo institucional via fundação.

Requisitos:

  • Se aprovada a proposta de projeto, escolher uma fundação (Ex: FACC, COPPETEC) para intermediação institucional do trabalho a ser realizado, encaminhar as instituições envolvidas os termos de acordo.

Quanto tempo leva?

  • Depende do tipo de serviço e quantidade de amostras a serem analisadas, podendo haver necessidade de prorrogação em caso de reanálise. Exemplo: “/20 dias, podendo ser prorrogado por mais dez dias, mediante justificativa.

Legislação

  • API PR40

Outras informações

2) Pool de Equipamentos Geofísicos do Brasil

O que é?

  • O Observatório Nacional implantou um Pool de equipamentos geofísicos para dar suporte a projetos de pesquisa, a partir da proposta de cientistas dos diversos institutos de pesquisa e universidades brasileiras. A implantação foi financiada pela Petrobras por intermédio de sua Rede Temática de Estudos Geotectônicos.
  • O Pool está equipado e conta com instrumental para sismologia, gravimetria, magnetometria e geoeletricidade (método magnetotelúrico e eletromagnético transiente). A utilização destes equipamentos permite estudos de temas relevantes, tais como da estrutura crustal e litosférica da placa Sul-Americana, da interação crosta continental e oceânica e da relação da estruturação do embasamento na evolução de bacias sedimentares, entre muitos outros problemas geológicos de interesse. O Pool está instalado nas dependências do Observatório Nacional, no Rio de Janeiro.
  • Nossa missão é oferecer suporte instrumental à comunidade geocientífica brasileira, com o objetivo de contribuir para o conhecimento geológico do território nacional através de empréstimo de equipamentos para levantamentos geofísicos no campo e estrutura física para armazenamento de dados.

Quem pode utilizar este serviço?

  • Pesquisadores de qualquer instituição brasileira de pesquisa poderão solicitar empréstimo(s) de equipamento(s) para uso exclusivo em projetos de investigação científica.

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • Atendimento pelos telefones (21) 3504-9148 / (21) 3504-9279 / (21) 3504-9247.
  • Atendimento pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Atendimento via portal web www.pegbr.on.br

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • Encaminhamento do usuário externo para os responsáveis conforme citado nos canais de acesso.

Requisitos:

  • O pesquisador responsável pela solicitação do empréstimo deverá, necessariamente, ter vínculo com qualquer instituição brasileira de pesquisa científica.

Quanto tempo leva?

  • O prazo de atendimento varia em função da demanda da solicitação.

Legislação

  • As normas de operação do projeto PEGBR está disponível através do portal web http://www.pegbr.on.br:8080/normas_estatuto.html

Outras informações

  • Endereço: Rua General José Cristino, 77 São Cristóvão - Rio de Janeiro RJ
  • CEP 20921-400

3) Rede Sismográfica do Sul e Sudeste do Brasil

O que é?

  • A Rede Sismográfica do Sul e do Sudeste do Brasil (RSIS) <www.rsis.on.br> foi implantada pelo ON e é composta por 18 estações sismográficas de alto desempenho e operação contínua. Cada estação abriga equipamentos de sismologia de banda-larga para monitorar continuamente a atividade sísmica, com o objetivo de definir o padrão sismológico da margem continental sudeste e de coleta de dados geofísicos na costa sul e sudeste do Brasil, a fim de oferecer subsídios para um melhor conhecimento da estrutura interna da Terra e do padrão de atividade sísmica desta região do território brasileiro.
  • A Rede RSIS integra a Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) juntamente com as redes "Rede Sismográfica do Nordeste do Brasil – RSISNE", sob a coordenação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, "Rede Sismográfica Integrada do Brasil – BRASIS", sob a coordenação do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo, e "Rede Sismográfica do Centro e Norte do Brasil – RSCN", sob coordenação da Universidade de Brasília. Para saber mais sobre a Rede Sismográfica Brasileira acesse <rsbr.gov.br>.

Quem pode utilizar este serviço?

  • As informações adquiridas são de caráter público e encontram-se disponibilizadas pelo Observatório Nacional através do portal web www.rsis.on.br ou rsbr.gov.br.

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • Atendimento pelos telefones (21) 3504-9148 / (21) 3504-9279 / (21) 3504-9247.
  • Atendimento pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Atendimento via portal web www.rsis.on.br ou rsbr.gov.br

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • Encaminhamento do usuário externo para os responsáveis conforme citado nos canais de acesso.

Requisitos:

  • Não há requisitos.

Quanto tempo leva?

  • Não há prazo definido. Atualmente a demanda principal é a solicitação de dados em tempo-real através do portal web.

Legislação

  • Como o projeto RSIS integra a Rede Sismográfica Brasileira (RSBR), sua operação está regulamentada sob a estrutura do estatuto da RSBR, disponível através do portal web http://rsbr.gov.br/estatuto.html

Outras informações

  • Endereço: Rua General José Cristino, 77 São Cristóvão - Rio de Janeiro RJ
  • CEP 20921-400

 

4) Desenvolvimento de Sensores Magnéticos

O que é?

  • O Laboratório de Desenvolvimento de Sensores Magnéticos do ON é um laboratório onde são desenvolvidos e construídos sensores magnéticos, de alta resolução, que são usados em atividades diversas: científicas, civis e militares. Também realiza calibração de instrumentos diversos de medição geomagnética (magnetômetros) e faz serviços de determinação dos nortes geomagnético e verdadeiro (geográfico), além de levantamento geomagnético em pequenos ambientes, visando à instalação de aparelhos sensíveis a gradientes na intensidade do campo magnético local.
  • Os trabalhos de desenvolvimento de sensores magnéticos do tipo fluxgate é feito regularmente no LDSM desde a sua criação, em 1995. Merece destaque o serviço realizado no ano 2000 quando, através do LDSM, o Observatório Nacional fez sua primeira exportação de tecnologia de ponta tendo exportado para o Instituto Indiano de Geomagnetismo, o maior do mundo, dois primeiros lotes de sensores triaxiais fluxgate, de alta resolução, desenvolvidos e construídos utilizando materiais magnéticos amorfos, construídos usando como matéria prima: cobalto, silício, boro e ferro. Três outros lotes foram exportados nos anos seguintes.
  • A partir do ano 2002, o LDSM iniciou a construção de magnetômetros fluxgate usando os sensores desenvolvidos no próprio laboratório.
  • Ainda o LDSM realiza serviços metrológicos calibrando magnetômetros diversos, além de bússolas geológicas, aeronáuticas e navais. Nestes serviços são emitidos laudos de calibração.

Quem pode utilizar este serviço?

  • Empresas em geral.

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • A etapa inicial para a realização deste serviço é feita pelo email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelos telefones: 21-3504.9198 e 21-9.9188.4323, quando são analisados os procedimentos e a previsão para cada um dos serviços a serem realizados.

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • Emissão de certificados/laudos ou entrega de produtos

Requisitos:

  • Não há.

Quanto tempo leva?

  • O tempo médio estimado para realização de todos os serviços é de 15(quinze) dias uteis.

Legislação

  • Segue a legislação regular vigente no país

Outras informações

  •  

 

5) Dados geomagnéticos

O que é?

  • Os observatórios magnéticos medem continuamente as variações temporais do campo geomagnético. Há dois observatórios magnéticos atualmente em funcionamento sob responsabilidade do Observatório Nacional: Vassouras/RJ e Tatuoca/PA. O Observatório de Vassouras funciona desde 1915 e o de Tatuoca desde 1957. Os dados atualmente são gerados a cada segundo e podem ser baixados no site do INTERMAGNET, que é uma rede global de observatórios magnéticos (http://www.intermagnet.org/).

Quem pode utilizar este serviço?

  • Todos os interessados podem usar os dados dos observatórios magnéticos ou acessando diretamente o site do INTERMAGNET ou enviando email para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • Não há.

Requisitos:

  • É importante que o solicitante envie um resumo geral do projeto no qual utilizará os dados dos observatórios magnéticos.

Quanto tempo leva?

  • Não há um prazo estipulado.

Legislação

  • Não há.

Outras informações

  •  

6) Pós-Graduação - mestrado e doutorado em Astronomia

O que é?

  • O Programa de Pós-Graduação em Astronomia tem como objetivo principal o de completar e aperfeiçoar a formação em astronomia dos graduados nas áreas de Física, Astronomia, Matemática e ciências afins, visando formar pesquisadores altamente qualificados e profissionais bem preparados para o mercado de trabalho O Programa possui duas áreas principais de concentração, Astronomia e Astrofísica, com diferentes subáreas.

Quem pode utilizar este serviço?

  • Poderão inscrever-se para o processo seletivo para o Mestrado ou Doutorado Direto os graduados em curso de nível superior (Bacharelado, Licenciatura ou Engenharia) em Astronomia, Física, Matemática ou áreas afins, com titulação obtida no Brasil ou no exterior (não é requerida a revalidação oficial do diploma), ou alunos cursando o último semestre letivo desses cursos, devendo estes comprovar a finalização até a data da matrícula, caso aprovados para ingresso.

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • Os editais de ingresso são bianuais, com divulgação na página do Observatório, em diversas mídias digitais e por cartazes enviados a departamentos de universidades e institutos de pesquisa. Mais informações pode ser obtidas na página do programa (http://www.on.br/index.php/pt-br/programas-academicos/pos-graduacao-em-astronomia.html) e por e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • Prova escrita e arguição oral.

Requisitos:

  • Graduação em Astronomia, Física, Matemática ou áreas afins, com titulação obtida no Brasil ou no exterior (não é requerida a revalidação oficial do diploma), ou alunos cursando o último semestre letivo desses cursos, devendo estes comprovar a finalização até a data da matrícula, caso aprovados para ingresso.

Quanto tempo leva?

  • 24 meses para mestrado e 48 meses para doutorado.

Legislação

  • Os regulamentos que regem o programa e legislação correlata podem ser acessados em http://www.on.br/index.php/pt-br/conteudo-do-menu-superior/62-programas-academicos/pos-graduacao-em-astronomia-e-astrofisica/98-regulamento.html

Outras informações

 

7) Pós-Graduação - mestrado e doutorado em Geofísica

O que é?

  • O Programa de Pós-Graduação em Geofísica tem como objetivo principal o de completar e aperfeiçoar a formação em geofísica dos graduados nas áreas de geociências e áreas afins (ciências exatas e engenharias), visando formar pesquisadores altamente qualificados e profissionais bem preparados para o mercado de trabalho. O Programa possui duas áreas principais de concentração: Geofísica Aplicada e Geofísica da Terra Sólida.

Quem pode utilizar este serviço?

  • Poderão inscrever-se para o processo seletivo para o Mestrado os graduados em curso de nível superior Geofísica, Geologia, Física, Matemática ou áreas afins (ciências exatas e engenharias). Poderão inscrever-se para o processo seletivo para o Doutorado os portadores do título de Mestre em Geofísica, Geologia, Física, Matemática ou áreas afins (ciências exatas e engenharias). Em ambos os casos, a titulação pode ser obtida no Brasil ou no exterior (não é requerida a revalidação oficial do diploma). Candidatos que ainda não finalizaram seus cursos de graduação poderão se inscrever no processo seletivo desde que apresentem comprovante de que finalizarão seus cursos até a data da matrícula.

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • Os editais de ingresso são anuais, no caso do mestrado, e semestrais, no caso do doutorado, com divulgação na página do Observatório, em diversas mídias digitais e por cartazes enviados a departamentos de universidades e institutos de pesquisa. Mais informações podem ser obtidas na página do programa (www.on.br/index.php/pt-br/programas-academicos/geofisica.html) e/ou por e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • Mestrado: Prova escrita; análise de currículo e histórico escolar da graduação; e entrevista.
  • Doutorado: defesa e arguição oral do projeto de pesquisa

Requisitos:

  • Para mestrado: graduação em Geofísica, Geologia, Física, Matemática ou áreas afins (ciências exatas e engenharias).
  • Para doutorado: portadores do título de Mestre em Geofísica, Geologia, Física, Matemática ou áreas afins (ciências exatas e engenharias).

Quanto tempo leva?

  • 24 meses para mestrado e 48 meses para doutorado.

Legislação

Outras informações

8) Consulta ao acervo - Biblioteca do ON

O que é?

  • A Biblioteca do Observatório Nacional disponibiliza a consulta ao seu acervo (livros e periódicos) nas áreas de Astronomia, Geofísica, Física, Matemática e Computação.

Quem pode utilizar este serviço?

  • Pesquisadores e alunos de Pós-Graduação do Observatório Nacional.
  • Público geral.

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • Atendimento local na Biblioteca, com as bibliotecárias: segunda-feira a sexta-feira, de 9h às 16h30
  • Acesso online ao Sistema Pergamum, para a localizar livros e periódicos, disponível na página do Observatório Nacional: http://pergamumweb.on.br/pergamum/biblioteca/index.php
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Tel: (21) 3504-5171 e (21) 3504-9228

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • Não há.

Requisitos:

  • Não há.

Quanto tempo leva?

  • Acesso contínuo.

Legislação

  •  

Outras informações

  • O público externo não pode retirar itens do acervo, somente fazer consulta no local.
9) Anuário do Observatório Nacional

O que é?

  • Publicação anual – em versões eletrônica e impressa – com as informações astronômicas mais relevantes sobre a orientação da Terra, configurações dos planetas e satélites, posições médias das estrelas  e dos astros do sistema solar: fenômenos astronômicos, calendários, fases das Lua, entrada do Sol nas constelações do zodíaco, instantes do nascer, passagem meridiana e ocaso do Sol, Lua e planetas, para as cidades de Belém, Brasília, Recife, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo. São encontradas também as resoluções relacionadas ao sistema de hora legal e sua difusão.

Quem pode utilizar este serviço?

  • Astrônomos, geodesistas, topógrafos, cartógrafos, profissionais de áreas correlatas e público em geral.

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • Anuário eletrônico: http://on.br/index.php/pt-br/conteudo-do-menu-superior/65-biblioteca/150-anuario-do-observatorio-nacional.html
  • Anuário impresso: pode ser adquirido diretamente na Biblioteca do Observatório Nacional e o valor é R$ 10,00. Poderá também ser solicitado para envio postal. Para isso, é necessário gerar uma Guia de Recolhimento da União (GRU) e o pagamento poderá ser feito em qualquer banco, no valor de R$ 15,00.

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • Para a versão impressa, após o pagamento, o interessado deve enviar e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. com o endereço completo para o recebimento do Anuário 2018.

Requisitos:

  • Não há.

Quanto tempo leva?

  • Para versão eletrônica, acesso contínuo.
  • Para versão impressa, o tempo de envio dos Correios.

Legislação

  •  

Outras informações

  • Para obter as informações de outras localidades, basta enviar a solicitação para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

10)  Rede Gravimétrica Fundamental Brasileira - RGFB
 

O que é?

  • Prover as coordenadas, fotos, croquis e descrições, valores da aceleração da gravidade local e de suas incertezas, as anomalias da gravidade de Ar-Livre e de Bouguer Simples de centenas de estações altas precisão e exatidão em todo o Brasil.

Quem pode utilizar este serviço?

  • Cidadãos, empresas e instituições públicas, estatais e privadas, departamentos universitários de geociências, física e metrologia, agências de regulação e Sistema SENAI.

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • http://extranet.on.br/bdgon/gravimetria/index.php
  • Contato telefônico: 21 2580 7081 e 21 3504-9129

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • Consulta remota em http://extranet.on.br/bdgon/gravimetria/index.php;
  • Escolha pelo Cliente da opção preferida de busca de informações;
  • Visualização pelo Cliente da informação em formato PDF, salvamento local, cópia e/ou impressão dos dados obtidos; e
  • Eventualmente, o Cliente pode oferecer sugestões de melhorias, apontar falhas, erros e omissões via mensagem postada para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Requisitos:

  • Conexão internet.

Quanto tempo leva?

  • Acesso imediato, livre e gratuito mediante cadastro na página da Base de Dados Gravimétricos do Observatório Nacional.

Legislação

  • Portaria ON/DIR nº 23, junho de 2017

Outras informações

  •  

 
 11) Linha de Calibração Gravimétrica de Agulhas Negras - LCGAN
 

O que é?

  • Prover as coordenadas, fotos, croquis e descrições, valores da aceleração da gravidade local e de suas incertezas, os gradientes verticais da gravidade local, as anomalias da gravidade de Ar-Livre e de Bouguer Simples das cinco estações gravimétricas de calibração de gravímetros relativos.

Quem pode utilizar este serviço?

  • Empresas e instituições públicas, estatais e privadas, departamentos universitários de geociências, física e metrologia e agências de regulação.

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • http://extranet.on.br/bdgon/gravimetria/index.php
  • Contato telefônico: 21 2580 7081 e 21 3504-9129

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • Consulta remota à LCGAN em http://extranet.on.br/bdgon/gravimetria/index.php;
  • Escolha pelo cliente da opção preferida de busca de informações;
  • Visualização pelo cliente da informação em formato PDF, salvamento local, cópia e/ou impressão dos dados obtidos; e
  • Eventualmente, o cliente pode oferecer sugestões de melhorias, apontar falhas, erros e omissões via mensagem postada para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Requisitos:

  • Conexão internet.

Quanto tempo leva?

  • Acesso imediato, livre e gratuito mediante cadastro na página da Base de Dados Gravimétricos do Observatório Nacional.

Legislação

  • Portaria ON/DIR nº 23, junho de 2017

Outras informações

  •  
12) Gravimetria Absoluta e Relativa em Locais Remotos e Laboratórios de Metrologia

O que é?

  • Sob demanda, executar determinações da gravidade local e de seu gradiente vertical em locais remotos do País e em laboratórios metrológicos. Calcular as incertezas dessas determinações em grandezas que envolvem o conhecimento de g local, e.g. força, pressão, viscosidade e grandezas afins. Utilização de protocolo técnico-científico baseado na NBR ISO/IEC 17025:2017.

Quem pode utilizar este serviço?

  • Cidadãos, empresas e instituições públicas, estatais e privadas, departamentos universitários de geociências, física e metrologia, agências de regulação e Sistema SENAI.

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • Correio eletrônico: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Contato telefônico: 21 2580 7081 e 21 3504-9129

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • Consulta de disponibilidade e orçamento via mensagem dirigida a Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., outro correio eletrônico do ON ou contato telefônico: 21 3504-9129 e 21 2580-7081;
  • Envio pelo LabGrav/ON de proposta de fornecimento, incluindo orçamento e condições de pagamento;
  • Realização de medições gravimétricas no laboratório e obtenção de suas coordenadas geodésicas após a confirmação de interesse na proposta,
  • Autorizados pelo cliente: i fotos das medições são tomadas e irão compor o relatório do projeto, e  ii  uma placa metálica de ~8 cm de diâmetro é afixada no piso do laboratório ou em marco de referência; e
  • Processamento dos dados gravimétricos e GNSS, avaliações tipos "A" e "B" das incertezas envolvidas e emissão de relatório do ensaio realizado, assegurando a rastreabilidade metrológica da medição e apresentando um resumo da metodologia adotada.

Requisitos:

  • Conexões internet e telefônica, e
  • Cartão CNPJ ou CPF válidos.

Quanto tempo leva?

  • Medições gravimétricas in situ: 05 dias úteis; e
  • Emissão de relatório: 15 dias úteis.

Legislação

  • Portaria ON/DIR nº 23, junho de 2017

Outras informações

  •  
 13) Controle de Qualidade e Parametrização de Mapeamentos Gravimétricos Absolutos e Relativos
 

O que é?

  • Executar mapeamentos gravimétricos sob demanda, visando produzir gabaritos de aquisição e de redução de dados gravimétricos e GNSS para a prospecção gravimétrica de minerais e de hidrocarbonetos (óleo & gás). Produção de mapas temáticos de anomalias da gravidade de Ar-Livre, Bouguer Completo e Residual Isostático.

Quem pode utilizar este serviço?

  • Cidadãos, empresas e instituições públicas, estatais e privadas, departamentos universitários de geociências, física e metrologia, agências de regulação e Sistema SENAI.

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • Correio eletrônico: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Contato telefônico: 21 2580 7081 e 21 3504-9129

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • Consulta de disponibilidade e orçamento via mensagem dirigida a Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., outro correio eletrônico do ON ou contato telefônico: 21 3504-9129 e 21 2580-7081;
  • Envio pelo LabGrav/ON de proposta de fornecimento, incluindo orçamento e condições de pagamento;
  • Após a confirmação de interesse na proposta, a realização de medições gravimétricas no campo e sua redução in situ e revisão em laboratório. Obtenção das coordenadas geodésicas, se necessário, utilizando posicionamento GNSS diferencial ou PPP;
  • Autorizados pelo cliente: i fotos das medições são tomadas e comporão o relatório do projeto, e  ii  após indexação, as cadernetas de campo e DVDs contendo documentos do projeto, dados fornecidos pelo Cliente são arquivados em ambiente seguro do laboratório; e
  • Processamento dos dados gravimétricos e GNSS, avaliações tipos "A" e "B" das incertezas envolvidas, mapas de anomalias gerados, modelagem 2-3D realizada, se solicitada e emissão de relatório do projeto, apresentando um resumo da metodologia adotada.

Requisitos:

  • Conexões internet e telefônica;
  • Cartão CNPJ ou CPF válidos; e
  • Apoio logístico de campo à equipe do LabGrav.

Quanto tempo leva?

  • Medições gravimétricas in situ: variável, depende do número total de eegg a mapear e modelar, e
  • Emissão de relatório: 20 dias úteis após a etapa de campo.

Legislação

  • Portaria ON/DIR nº 23, junho de 2017

Outras informações

  •  

 
 14) Manutenção, Ajustes e Calibração de Gravímetros Relativos Worden, LaCoste & Romberg e Scintrex
 

O que é?

  • Executar em laboratório e no campus do ON testes de operacionalidade básica de gravímetros relativos de Clientes. Se aprovados, calibrar esses gravímetros relativos ao longo da LCGAN, tornando suas medições compatíveis com o datum absoluto. Utilização de protocolo técnico-científico baseado na NBR ISO/IEC 17025:2017.

Quem pode utilizar este serviço?

  • Cidadãos, empresas e instituições públicas, estatais e privadas, departamentos universitários de geociências, física e metrologia, agências de regulação e Sistema SENAI.

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • Correio eletrônico: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Contato telefônico: 21 2580 7081 e 21 3504-9129

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • Consulta de disponibilidade e orçamento via mensagem dirigida a Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., outro correio eletrônico do ON ou contato telefônico: 21 3504-9129 e 21 2580-7081;
  • Envio pelo LabGrav/ON de proposta de fornecimento, incluindo orçamento e condições de pagamento;
  • Realização de medições gravimétricas no laboratório e obtenção de suas coordenadas geodésicas após a confirmação de interesse na proposta;
  • Autorizados pelo cliente: i fotos das medições são tomadas e irão compor o relatório do projeto, e  ii  uma placa metálica de ~8 cm de diâmetro é afixada no piso do laboratório ou em marco de referência; e
  • Processamento dos dados gravimétricos e GNSS, avaliações tipos "A" e "B" das incertezas envolvidas e emissão de relatório do ensaio realizado, assegurando a rastreabilidade metrológica da medição e apresentando um resumo da metodologia adotada.

Requisitos:

  • Conexões internet e telefônica, e
  • Cartão CNPJ ou CPF válidos.

Quanto tempo leva?

  • Medições gravimétricas in situ: 05 dias úteis, e
  • Emissão de relatório: 15 dias úteis.

Legislação

  • Portaria ON/DIR nº 23, junho de 2017

Outras informações

  •  
15) Hora falada

O que é?

  • São os enunciados da Hora Legal Brasileira para cada fuso horário do Brasil.

Quem pode utilizar este serviço?

  • Todos os cidadãos em qualquer lugar no Brasil.

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • O serviço pode ser acessado pelo telefone (21) 2580-6037, sendo o fuso horário de Brasília.
  • Pode ser acessado na página do Observatório Nacional/Hora Legal Brasileira.

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • Não há.

Requisitos:

  • Não há.

Quanto tempo leva?

  • Acesso imediato.

Legislação

  • Lei   no 2.784,   de  18  de  junho  de  1913,    que  estabelece   o   uso   da   Hora  Legal     no Brasil.
  • Decreto   no 10.546,   de  5  de  novembro   de   1913,   que   aprova   o   regulamento  para   a execução da lei anterior.
  • Decreto   no 74.226, de  27 de junho de 1974,  que  dispõe  sobre  a  estruturação  básica e concede  autonomia  administrativa  e financeira ao Observatório Nacional.
  • A Portaria Ministerial  no 210,  de  1de abril de 1975  que aprova o novo Regimento Interno do Observatório Nacional.
  • Decreto no 77.877, de 22 de junho  de  1976,  que  transferiu  o Observatório Nacional para a Fundação Conselho Nacional de  Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), com todas  as atribuições.
  • Decreto no 4.264, de 10 de junho de 2002, que restabelece o regulamento da Lei no 2.784, de 18 de junho de 1913, e dá outras providências.
  • Lei   no 11.662, de  24  de  abril  de  2008,  que  altera as alíneas “b” e “c” e revoga a alínea “d” do Art. 2o do Decreto no 2.784,  de  18  de  junho  de  1913, com a finalidade de modificar os fusos horários do Estado do Acre, parte do Estado do Amazonas e da parte ocidental do Estado do Pará.

Outras informações

  • Serviço fornecido 24 horas/7 dias.
16) Sincronismo Público à Hora Legal Brasileira

O que é?

  • Serviço que permite o ajuste da hora do computador que entrar em contato com o servidor de tempo.

Quem pode utilizar este serviço?

  • Todos os cidadãos em qualquer lugar no Brasil que possuam um computador e acesso à internet.

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • A sincronização é feita por um dos dois sincronizadores públicos de tempo disponibilizados pela Divisão Serviço da Hora do Observatório Nacional situado no Rio de Janeiro. Estes servidores de protocolo Network Time Protocol (NTP) estão disponíveis nos endereços 200.20.186.74 porta 123 UDP, 200.20.186.75 porta 123 UDP e 200.20.186.94 porta 123 UDP, acessíveis via Internet.

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • Existem diversos programas que podem acessar automaticamente o servidor, sendo que a DISHO disponibiliza gratuitamente o programa DSHO_SincPCnetV11.exe aos usuários de computador, em seu portal na Internet http://www.horalegalbrasil.mct.on.br. Este programa garante a sincronização do relógio do computador à Hora Legal Brasileira (HLB).
  • Se houver firewall entre seu computador e a Internet, ele terá que ser ajustado. Não se esquecer de acertar o fuso horário do seu computador corretamente:
  • Por exemplo, Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, (GMT-3), ou quando for horário de verão, (GMT-2).

Requisitos:

  • Ter um computador e acesso à internet.
  • Instalar o programa DSHO_SincPCnetV11.exe ou similar.

Quanto tempo leva?

  • Acesso imediato.

Legislação

  • Lei   no 2.784,   de  18  de  junho  de  1913,    que  estabelece   o   uso   da   Hora  Legal     no Brasil.
  • Decreto   no 10.546,   de  5  de  novembro   de   1913,   que   aprova   o   regulamento  para   a execução da lei anterior.
  • Decreto   no 74.226, de  27 de junho de 1974,  que  dispõe  sobre  a  estruturação  básica e concede  autonomia  administrativa  e financeira ao Observatório Nacional.
  • A Portaria Ministerial  no 210,  de  1de abril de 1975  que aprova o novo Regimento Interno do Observatório Nacional.
  • Decreto no 77.877, de 22 de junho  de  1976,  que  transferiu  o Observatório Nacional para a Fundação Conselho Nacional de  Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), com todas  as atribuições.
  • Decreto no 4.264, de 10 de junho de 2002, que restabelece o regulamento da Lei no 2.784, de 18 de junho de 1913, e dá outras providências.
  • Lei   no 11.662, de  24  de  abril  de  2008,  que  altera as alíneas “b” e “c” e revoga a alínea “d” do Art. 2o do Decreto no 2.784,  de  18  de  junho  de  1913, com a finalidade de modificar os fusos horários do Estado do Acre, parte do Estado do Amazonas e da parte ocidental do Estado do Pará.

Outras informações

  • Serviço fornecido 24 horas/7 dias.

 

17) Calibrações em Tempo e Frequência

 

O que é?

  • Serviço de calibração de instrumentos, padrões de frequência e equipamentos que utilizam a grandeza tempo e frequência.

Quem pode utilizar este serviço?

  • Todas as empresas ou laboratórios que necessitam de rastreabilidade para a grandeza tempo e frequência.

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • O serviço deve ser solicitado à Divisão Serviço da Hora.

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • Agendamento do serviço de calibração.
  • Envio do instrumento/padrão de frequência ou equipamento para calibração e retirada do mesmo após o término da calibração.

Requisitos:

  • É necessário o agendamento prévio do serviço.
  • Pagamento do serviço de calibração.

Quanto tempo leva?

  • Em média a calibração leva de 20 a 30 dias.

Legislação

  • Termo de Designação do Observatório Nacional como para atuar como Referência Metrológica Nacional na grandeza Tempo e Frequência.

Outras informações

  • Serviço reconhecido internacionalmente e de acordo com a norma ABNT NBR ISSO/IEC 17025.

 

Sincronismo Certificado à Hora Legal Brasileira

O que é?

  • Serviço que permite a instituições públicas ou privadas se sincronizarem com a hora Legal Brasileira através de equipamentos específicos.  Esses equipamentos armazenam o valor do ajuste de sincronismo que são enviados a Divisão Serviço da Hora que emite mensalmente um certificado de sincronismo para a instituição.  Através deste serviço diversas instituições podem comprovar para fins legais que estão com a Hora Legal Brasileira.

Quem pode utilizar este serviço?

  • Instituições públicas ou privadas.

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • A instituição interessada deve realizar um contrato com uma Fundação de Apoio para pagamento deste serviço.

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • -

Requisitos:

  • Adquirir equipamento de acordo com especificações técnicas fornecidas pela DISHO.

Quanto tempo leva?

  • Após a assinatura do contrato e aquisição do equipamento, em média, 30 dias.

Legislação

  • Lei   no 2.784,   de  18  de  junho  de  1913,    que  estabelece   o   uso   da   Hora  Legal     no Brasil.
  • Decreto   no 10.546,   de  5  de  novembro   de   1913,   que   aprova   o   regulamento  para   a execução da lei anterior.
  • Decreto   no 74.226, de  27 de junho de 1974,  que  dispõe  sobre  a  estruturação  básica e concede  autonomia  administrativa  e financeira ao Observatório Nacional.
  • A Portaria Ministerial  no 210,  de  1de abril de 1975  que aprova o novo Regimento Interno do Observatório Nacional.
  • Decreto no 77.877, de 22 de junho  de  1976,  que  transferiu  o Observatório Nacional para a Fundação Conselho Nacional de  Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), com todas  as atribuições.
  • Decreto no 4.264, de 10 de junho de 2002, que restabelece o regulamento da Lei no 2.784, de 18 de junho de 1913, e dá outras providências.
  • Lei   no 11.662, de  24  de  abril  de  2008,  que  altera as alíneas “b” e “c” e revoga a alínea “d” do Art. 2o do Decreto no 2.784,  de  18  de  junho  de  1913, com a finalidade de modificar os fusos horários do Estado do Acre, parte do Estado do Amazonas e da parte ocidental do Estado do Pará.

Outras informações

  • Serviço fornecido 24 horas/7 dias.
18) Carimbo de Tempo à Hora Legal Brasileira

 

O que é?

  • O Observatório Nacional, por meio da Divisão Serviço da Hora, disponibiliza, por intermédio de instituições públicas ou privadas, o serviço de Carimbo de Tempo.  As instituições possuem equipamentos denominados carimbadores de tempo que são continuamente auditados e sincronizados à Hora Legal Brasileira.  Esses equipamentos inserem em documentos eletrônicos a data e hora em formato digital, sendo assim os documentos eletrônicos passam a ter a informação da Hora Legal Brasileira. 
  • A infraestrutura para continuamente auditar e sincronizar os carimbadores de tempo das instituições públicas ou privadas é mantida em ambiente seguro em três raízes de tempo da Rede de Carimbo de Tempo Certificado: a primeira raiz em Brasília, na sala cofre do Supremo Tribunal Federal (STF); a segunda raiz em São Paulo, na sala cofre do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto br (NIC); e a terceira raiz no Rio de Janeiro, na CenturyLink Brasil.  Todas tendo como referência de tempo um padrão de césio sendo os mesmos rastreados a Hora Legal Brasileira gerada no ON.

Quem pode utilizar este serviço?

  • Instituições públicas ou privadas.

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • A instituição interessada deve realizar um contrato com uma Fundação de Apoio para pagamento do serviço de auditoria e sincronismo dos equipamentos carimbadores de tempo.

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • -

Requisitos:

  • Adquirir equipamento carimbadores de tempo de acordo com especificações técnicas fornecidas pela DISHO.

Quanto tempo leva?

  • Após a assinatura do contrato e aquisição do equipamento em médias 30 dias.

Legislação

  • Lei   no 2.784,   de  18  de  junho  de  1913,    que  estabelece   o   uso   da   Hora  Legal     no Brasil.
  • Decreto   no 10.546,   de  5  de  novembro   de   1913,   que   aprova   o   regulamento  para   a execução da lei anterior.
  • Decreto   no 74.226, de  27 de junho de 1974,  que  dispõe  sobre  a  estruturação  básica e concede  autonomia  administrativa  e financeira ao Observatório Nacional.
  • A Portaria Ministerial  no 210,  de  1de abril de 1975  que aprova o novo Regimento Interno do Observatório Nacional.
  • Decreto no 77.877, de 22 de junho  de  1976,  que  transferiu  o Observatório Nacional para a Fundação Conselho Nacional de  Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), com todas  as atribuições.
  • Decreto no 4.264, de 10 de junho de 2002, que restabelece o regulamento da Lei no 2.784, de 18 de junho de 1913, e dá outras providências.
  • Lei   no 11.662, de  24  de  abril  de  2008,  que  altera as alíneas “b” e “c” e revoga a alínea “d” do Art. 2o do Decreto no 2.784,  de  18  de  junho  de  1913, com a finalidade de modificar os fusos horários do Estado do Acre, parte do Estado do Amazonas e da parte ocidental do Estado do Pará.

Outras informações

  • Serviço fornecido 24 horas/7 dias.

 

19) Validador de Documentos à Hora Legal Brasileira

O que é?

  • O Observatório através da Divisão Serviço da Hora disponibiliza na sua página a possibilidade de uma empresa ou cidadão que tenha utilizado o serviço de carimbo de tempo de uma determinada empresa verificar se a informação de data e hora colocada no seu documento eletrônico é a Hora Legal Brasileira.  Em resumo somente as instituições públicas ou privadas que possuem carimbadores de tempo auditados e sincronizados à Hora Legal Brasileira inserem um carimbo de tempo com validade legal, isto é, com a Hora Legal Brasileira.

Quem pode utilizar este serviço?

  • Qualquer cidadão ou instituição.

Etapas para a realização deste serviço

Canal(is) de Acesso:

  • Página do Observatório Nacional / Divisão Serviço da Hora.

Etapas posteriores (etapas em que há atuação do usuário externo):

  • -

Requisitos:

  • Não há.

Quanto tempo leva?

  • Acesso imediato através da página do ON.

Legislação

  • Lei   no 2.784,   de  18  de  junho  de  1913,    que  estabelece   o   uso   da   Hora  Legal     no Brasil.
  • Decreto   no 10.546,   de  5  de  novembro   de   1913,   que   aprova   o   regulamento  para   a execução da lei anterior.
  • Decreto   no 74.226, de  27 de junho de 1974,  que  dispõe  sobre  a  estruturação  básica e concede  autonomia  administrativa  e financeira ao Observatório Nacional.
  • A Portaria Ministerial  no 210,  de  1de abril de 1975  que aprova o novo Regimento Interno do Observatório Nacional.
  • Decreto no 77.877, de 22 de junho  de  1976,  que  transferiu  o Observatório Nacional para a Fundação Conselho Nacional de  Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), com todas  as atribuições.
  • Decreto no 4.264, de 10 de junho de 2002, que restabelece o regulamento da Lei no 2.784, de 18 de junho de 1913, e dá outras providências.
  • Lei   no 11.662, de  24  de  abril  de  2008,  que  altera as alíneas “b” e “c” e revoga a alínea “d” do Art. 2o do Decreto no 2.784,  de  18  de  junho  de  1913, com a finalidade de modificar os fusos horários do Estado do Acre, parte do Estado do Amazonas e da parte ocidental do Estado do Pará.

Outras informações

  • Serviço fornecido 24 horas/7 dias.
 
 
Fim do conteúdo da página