Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Notícias em Destaque

Equipe do Observatório Nacional descobre estrela gigante com química peculiar

Astrônomos do Observatório Nacional descobriram e analisaram uma estrela quimicamente peculiar, a gigante vermelha HD150382. A estrela já era conhecida, mas foi o primeiro estudo químico realizado. Neste trabalho, publicado em dezembro na versão online e neste mês na versão impressa do periódico americano The Astronomical Journal, a equipe formada pelos brasileiros Nacizo Holanda e Claudio...

Associação Internacional de Geotermia nomeia pesquisador do Observatório Nacional como embaixador

A Associação Internacional de Geotermia (International Geothermal Association - IGA) concedeu o...

Observatório Astronômico do Sertão de Itaparica (OASI) observa o cometa interestelar 2I/Borisov

Pesquisadores e estudantes do Observatório Nacional conseguiram obter imagens do cometa...

China se une ao levantamento astronômico J-PAS

Um grupo de seis universidades e centros de pesquisa chineses investirá 728 mil euros (R$ 3,3...



Congressos e Eventos

Modal
  • LIneA Webinar - 12/12 - 14h - Rachel Street (Las Cumbres Observatory)
  • LIneA Webinar - 05/12 - 14h - Ardis Herrold (LSST)
  • Geotermia de muito baixa entalpia: generalidades, estado da arte e potencial de desenvolviment
  • LIneA Webinar - 21/11 - 11h - Luccas Secco (UPenn)

Vídeos

Falando de Ciência - Rede Sismográfica Brasileira

Ciência Hoje

Sobre nomes, planetas e asteroides

Lendo o jornal, soube que novas observações do asteroide "Hígia" mostravam que ele na verdade seria um planeta-anão. Isto me deixou confuso por alguns momentos, já que estudo asteroides há quase vinte anos e não conhecia nenhum asteroide chamado Hígia e que fosse grande o bastante a ponto de poder ser reclassificado como planeta-anão. Mas logo a ficha caiu: “Hígia” devia ser na verdade o...



Fim do conteúdo da página